Temos de nos consciencializar que o iPhone não é uma máquina fotográfica profissional mas, na realidade, é que os smartphones andam sempre mais à mão do que as próprias máquinas fotográficas. Muitas vezes até tiramos fotografias fantásticas com o telemóvel mas achamos que poderiam ter ficado melhor.

Exemplo de fotografia tirada em HDR
Exemplo de uma fotografia em HDR

O iPhone tem a função HDR que consegue fazer inveja a muitas máquinas fotográficas digitais. O HDR é uma funcionalidade nativa do iPhone mas existem inúmeras aplicações para melhorar a qualidade e a edição da imagem.

O iPhone, o iPad e o iPod tem dezenas, se não centenas, de aplicativos para edição e melhoria de imagem.

O que significa HDR?

Significa High Dynamic Range: é o espectro entre a luz e a escuridão que um olho, ou o sensor da máquina, consegue ler. Esta é uma técnica fotográfica para obter imagens mais “dramáticas”, com uma qualidade de cor mais intensa e profunda.

Basicamente as cores ficam semelhantes ao que o olho humano consegue ver, mas que as máquinas sem ser com HDR não conseguem captar.

Para captar uma imagem em HDR o iPhone tem de tirar pelo menos 3 fotografias ao mesmo objecto, uma imagem tem de ficar sobre-exposta, uma imagem com exposição normal e outra sub-exposta.

Estas 3 imagens combinadas produzem uma quarta imagem que terá o alcance dinâmico de cores aumentado.

Temos de relembrar que apesar de todas a tentativas que se façam nunca iremos ter uma qualidade de uma DSLR, pois as lentes são diferentes.

Este modo de fotografia foi lançado de forma nativa no iPhone 4. Nos modelos anteriores para captar fotografias em HDR era necessário utilizar uma aplicação (disponível na App Store), no entanto, não existe nenhum aplicativo perfeito que faça a gestão do HDR melhor que o algoritmo nativo do iPhone.

Como usar o HDR?

Por defeito essa função quando ativada, guarda sempre duas fotografias, uma em modo “normal” e a outra em HDR. Ao verificarmos as duas, vemos perfeitamente uma diferença de cor entre a primeira que é a “normal” e a segunda que é HDR, esta informação “HDR” aparece sempre no topo da imagem no canto superior esquerdo.

É tentador deixar o HDR ligado visto que melhora em muito a cor e qualidade da imagem mas o modo HDR tem um defeito, basta tremer um pouco que a fotografia fica desfocada.

Uma imagem em HDR demora um pouco mais a ser processada, sensivelmente 5 segundos. Para fotografias rápidas não é propriamente o melhor modo e este tipo de ficheiros pesa muito mais do que o habitual.
Os melhores cenários para as fotos HDR são fotografias estáticas, por exemplo cenários. Ajuda também a minimizar as fotografias com excesso de luz.

DISCUSSÃO

COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *